domingo, outubro 14

Only time



Who can say where the road goes,
Where the day flows, only time?
And who can say if your love grows,
As your hearth chose, only time?

Who can say why your heart sighs,
As your live flies, only time?
And who can say why your heart cries
when your love lies, only time?

Who can say when the roads meet,
That love might be, in your heart?
and who can say when the day sleeps,
and the night keeps all your heart?
Night keeps all your heart.....

Who can say if your love grows,
As your heart chose, only time?
And who can say where the road goes
Where the day flows, only time?

Who knows? Only time
Who knows? Only time

*Ao som de Enya - Only Time

Um comentário:

Martchéénha disse...

Comentado com bastante atraso, mas enfim...
Todos os clichês do mundo estão certos em relação a isso: só o tempo resolve, mesmo.
Eu não confio muito no tempo (como cofiar em algo que ninguém sabe exatamente que natureza tem e que se distorce com tanta facilidade?), queria às vezes que ele fosse mais devagar e menos corrosivo. Mas de nada isso adianta - estamos todos tão sujeitos a ele.
Ai, que deprê que soou! Canseidesoardeprê.
Beijomemandascrap! Hahaha